Esta página web utiliza cookies para efeitos de funcionamento, comodidade e estatística. Ao clicar em «Alterar» pode alterar a qualquer momento as definições de cookies. Se estiver de acordo com a utilização de cookies, clique em «Aceito».

Alterar
  • Água de alimentação descalcificada para prevenir a calcificação das superfícies de aquecimento da caldeira
  • Boa transferência de calor, alta rentabilidade e grande durabilidade da caldeira
  • Elevada segurança do funcionamento
  • Pode-se abdicar de uma monitorização de dureza externa num modelo com controlo de qualidade - por exemplo, para um melhor aproveitamento da capacidade e um funcionamento sem vigilância, incluindo quando a dureza da água oscila

Mais informações

  • Para evitar incrustações na caldeira, a caldeira apenas pode ser utilizada com água descalcificada. Nas diretrizes sobre as características da água, existem limites para a dureza total da água, dependendo da caldeira e do seu modo de funcionamento. A descalcificação da água é realizada através da filtragem da água não tratada e da preparação da água de reposição, através de um processo de substituição de iões. Este processo substitui os iões que causam a calcificação (iões de cálcio e magnésio) por iões de sódio.
  • Os sistemas totalmente automatizados necessitam de menos esforço para funcionar, excluem a possibilidade de erros operacionais, permitem um funcionamento permanente e utilizam melhor a sua capacidade em comparação com sistemas manuais utilizados com água com o mesmo nível de dureza.

O sistema WTM é constituído por um sistema de descalcificação de água e um depósito para a dissolução do sal. O módulo fica completo com uma ligação para drenagem da água, uma torneira para extração de amostras, um indicador de pressão e válvulas de regulação, corte e para filtragem.

Todos os componentes do sistema de descalcificação encontram-se montados num suporte, de uma forma visível e funcional. O WTM está apto para todos os tamanhos de caldeiras.